ENVOLVIMENTO DO DOENTE NA SEGURANÇA DO DOENTE

Envolvimento do doente na segurança do doente
2020-09-01 Em confirmação
Envolvimento do doente na segurança do doente.png

Descrição

DATA

Em reagendamento


DURAÇÃO

14 horas


LOCAL

Em confirmação


HORÁRIO

Das 09h00 às 13h00 e 14h00 às 17h00


FORMADOR


Filipe Figueiredo

  • Doutorado em Ciências Saúde, Universidade de Sevilha, Espanha

  • Mestre em Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde, Faculdade de Medicina da Universidade de Murcia

  • Licenciado em Radiologia, Escola Superior de Saúde da Universidade do Algarve     

  • Vogal do Conselho Clínico e da Saúde do ACeS Algarve I – Central


OBJETIVOS

  • Compreender a relevância da participação e envolvimento do doente nas questões de saúde e doença para a segurança

  • Conhecer os determinantes e limites do envolvimento para o doente, os profissionais de saúde e as organizações de saúde

  • Capacitar os profissionais para o envolvimento do doente


CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

  • Introdução: Envolvimento do doente nas questões de segurança relacionadas com a saúde e a doença

  • A perspetiva do doente: Áreas e tarefas de envolvimento; determinantes e limites do envolvimento

  • Perspetiva do profissional de saúde: Necessidades de envolvimento do doente; Tarefas do envolvimento para o profissional; Limites do envolvimento para o profissional

  • Perspetiva das instituições/serviços

  • Estratégias para a promoção do envolvimento do doente: casos práticos com situações específicas


REQUISITOS OBRIGATÓRIOS

  • Ter vínculo a uma organização de saúde, pública ou privada, independentemente da região onde esta se situa;

  • Ter a morada de residência na Região Alentejo.


INSCRIÇÃO

A participação é gratuita e efetuada através do formulário em anexo. O formulário de inscrição deverá ser devidamente preenchido e enviado para geral@apdh.pt


PÚBLICO-ALVO

Médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, técnicos superiores, gestores, assistentes técnicos e operacionais, outros técnicos/profissionais de saúde.


FORMANDOS

O número de formandos por curso é de 15, podendo eventualmente ser alargado para um máximo de 20.